Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020
Logomarca NO AR Notícias
Polícia

Trio é preso acusado de extorsão mediante sequestro

19/11/2020 21:24
Trio é preso acusado de extorsão mediante sequestro

A POLÍCIA CIVIL DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da 1ª DR/DEIC, informa que deu cumprimento  a MANDADOS DE BUSCA E DE APREENSÃO, deferidos nos autos de investigação criminal em que se apura a prática de crime de EXTORSÃO MEDIANTE SEQUESTRO, fato ocorrido na cidade de NOVO HAMBURGO/RS, na data de 29 de abril de 2020, ocasião em que um HOMEM, de 47 anos, foi vítima de sequestro, tendo sido exigida de sua família a quantia 50 Bitcoins (à época, aproximadamente R$ 2.814.899,18 - dois milhões oitocentos e catorze mil oitocentos e noventa e nove reais e dezoito centavos) , à título de resgate, o qual não foi pago.

 

O arrebatamento teria ocorrido na por volta das 08 horas e 30 minutos, na cidade de NOVO HAMBURGO, sendo que a vítima foi libertada por volta das 17 horas, do mesmo dia, na cidade de CANOAS/RS.  Pelo menos, 5 indivíduos teriam participado da ação.

 

Desde a ocorrência do fato, a unidade de polícia especializada vem desenvolvendo as investigações necessárias para descoberta da autoria e de suas circunstâncias. Durante os meses subsequentes, foi possível reunir indícios suficientes de participação de 3 (três) indivíduos, sendo respectivamente, um policial da ativa, outro indivíduo que atua como "trader", no mercado de investimentos, bem como outro homem, que inclusive é pai de um dos autores. Nesta data, foram cumpridos mandados em Canoas, Sapucaia do Sul, Porto Alegre e Campo Bom.

 

As investigações apontam que a extorsão mediante sequestro se deu em represália a perda de valores que teriam sido investidos, pelos autores, em uma empresa, cuja vítima de sequestro era um dos sócios. Destaca-se que a referida empresa fora alvo de investigações pela Polícia Federal, na chamada OPERAÇÃO EGYPTO. 

 

A POLICIA CIVIL informa que as investigações prosseguem com a finalidade de se identificar os demais autores do fato.

Fonte: Polícia Civil