Sexta-feira, 16 de novembro de 2018
PESQUISAR NO SITE
11/07/2013 | Política | Elvino Bohn Gass

Bohn Gass traz proposta de usina de asfalto em consórcio para Noroeste do RS

O deputado federal Elvino Bohn Gass (PT) está convencido de que a criação de uma usina de asfalto por meio de um consórcio de municípios, pode ser a alternativa mais econômica para que a região Noroeste do RS garanta a melhoria de ruas e estradas.

Bohn Gass foi conhecer o funcionamento do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Infraestrutura Rodoviária sediada em Pinhalzinho, no interior de Santa Catarina e voltou disposto a estimular os municípios gaúchos estudarem a implementação de uma experiência semelhante.

“Os catarinenses garantem que, com o consórcio, o custo das pavimentações caiu pela metade e a qualidade do asfalto é muito superior a que é oferecida pelas empreiteiras”, conta o deputado que vai levar a proposta de formação de um consórcio de asfalto ao COFRON (Consórcio Público Fronteira Noroeste).“

Mas, quanto custaria implantar uma usina de asfalto? Foi esta a pergunta que Bohn Gass fez aos operadores do consórcio catarinense. “Uma usina pequena, nas proporções da que eles mantém por lá, que atende seis municípios - Pinhalzinho, Nova Erechim, Saudades, Serra Alta, Sul Brasil e Águas Frias - imagina-se que seriam necessários cerca de R$ 2 milhões”, detalha o deputado. Consciente da dificuldade financeira das prefeituras da região Noroeste como, de resto, em boa parte do país, Bohn Gass afirma que já está levando ao Ministério do Planejamento a ideia de que se crie uma linha de financiamento ou alguma forma de subsídio do Governo Federal para a construção de usinas deste tipo.

“Mas existem outras formas. Lá em Pinhalzinho, por exemplo, as cidades se cotizaram, cada uma entrou com um pouco e foram utilizados, também, verbas de emendas parlamentares. De minha parte, estou disposto a colaborar com o que for possível com a região Noroeste”, diz Bohn Gass.

OUTRAS VANTAGENS – Além do custo mais barato do asfalto propriamente dito, o deputado ressalta que a usina consorciada apresenta outras vantagens: maior qualidade nas pavimentações, pois são os municípios que produzem e aplicam a massa asfáltica e, ainda, a compra de insumos em conjunto e a utilização de mão-de-obra das próprias prefeituras.

A comitiva da região foi composta pelo deputado Bohn Gass, pelo Coordenador Regional dos mandatos de Bohn Gass e Jeferson Fernandes, Volmir Amaral, pelo secretário de Administração de Santo Cristo, Milton Antonio Kist e pelo Diretor da Secretaria de Obras de Santo Cristo, Lino Lermen. Lá, foram recebidos pelo prefeito de Fabiano da Luz, pelo Secretário de Obras, Eliseu Bilibio, pelo Secretário de Finanças, Francisco Valdeci de Almeida e pelo  engenheiro civil Juliano Kolankiewicz, todos de Pinhalzinho.

Elvino Bohn Gass
Deputado(a) Federal | PT