Quinta-feira, 18 de outubro de 2018
PESQUISAR NO SITE
20/03/2018 | 18:16 | Notícias | Municipal

Pedido de vistas adia votação de projeto polêmico que visa expansão da área urbana em Três de Maio

Um pedido de vistas feito pelo vereador Ernani Weimer (PT) adia a votação do projeto polêmico que visa a expansão urbana, no município de Três de Maio. A iniciativa do vereador dará mais 10 dias para que o Projeto de Lei nº 3/2018, seja melhor examinado.

A proposta do projeto é para que a área que liga o campus da Setrem até a comunidade de Esquina Bela Vista seja definida como área mista, em que poderá contemplar a instalação de empresas, indústrias e ocupação residencial. Área Mista I (Comércio e Residências), Área Mista II (Comércio e Empresas de Médio e Baixo Risco) e Área Mista III (que compreende empresas e unidades industriais de grande impacto).

As pessoas que se manifestam contrárias, acreditam que o projeto é contraditório, pois a ampliação do perímetro urbano da forma apresentada, alterna moradias com empresas, sendo algumas poluentes. O projeto tramita da Câmara de Vereadores desde uma Audiência Pública realizada no último dia 9 de janeiro, quando grande parte da comunidade se manifestou contrária a proposta.

O prefeito Copatti, defende o projeto justificando que a ampliação urbana vai permitir a instalação de novos empreendimentos industriais no município. O secretário da Indústria e Comércio Paulino Menegat, revelou que o projeto passou por um estudo técnico e contou com aprovação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável.

Já o parecer da comissão criada para analisar a proposta, foi contrário ao projeto. O vereador Marcos Corso (PP), que presidiu a comissão salienta que a decisão foi baseada na opinião dada por engenheiros, arquitetos, topógrafos e geólogos do município.

A Associação Comercial e Industrial (ACI) encaminhou um documento aos vereadores, manifestando contrariedade ao projeto. Já o vereador Nelcí Ângelo Recalcati, criticou a entidade representante dos empresários que teria sido convidada para discutir o projeto, porém não encaminhou nenhum representante.
 

Fonte: No Ar Notícias