Domingo, 24 de junho de 2018
PESQUISAR NO SITE
02/06/2018 | 11:40 | Notícias | Diversos

Líderes dos caminhoneiros alertam que anúncio de nova paralisação é falso e tem cunho político

O representante do Movimento dos Transportadores de Grãos de Mato Grosso, Gilson Baitaca, revelou que os áudios que circulam pelo WhatsApp citando a hipótese de um novo protesto nas estradas do Brasil na próxima segunda-feira (4) não conta com o apoio de nenhuma entidade ligada aos caminhoneiros. Baitaca, diz que os caminhoneiros tiveram os objetivos alcançados e nenhuma das entidades ligadas a categoria não se responsabilizam pelo conteúdo dos áudios que estão circulando nas redes sociais.

Gilson Baitaca, acrescenta que a iniciativa de uma possível paralisação têm cunho político e parte de pessoas desconhecidas que conseguiram se infiltrar no movimento dos caminhoneiros. Ele salienta que a população já pagou um preço caro com a paralisação e não se pode aumentar ainda mais os problemas já existentes na economia do país. Ele encerra a mensagem de áudio dizendo que não será realizado novo movimento.

O presidente da Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, também refutou os áudios dizendo que tudo não passa de boatos.

O caminhoneiro Fábio Roque do município de Santa Rosa, também revelou a nossa reportagem que os áudios devem ter ligação com grupos políticos e não contam com apoio das entidades ligadas aos caminhoneiros.

A partir deste sábado (02-06), muitos profissionais estão revelando que a nova tabela de frete passou a ser adotada. A greve dos caminhoneiros durou 11 dias.

Fonte: No Ar Notícias