Sábado, 18 de agosto de 2018
PESQUISAR NO SITE
15/12/2016 | 15:17 | Notícias | Eleições

Justiça acata denúncia de abuso de poder econômico contra prefeito e vice de São José do Inhacorá

A Justiça Eleitoral da 89º zona Eleitoral, acatou a denúncia de abuso de poder abuso de autoridade contra prefeito e vice do São José do Inhacorá. De acordo com a acusação, Gilberto Hammes e Eduardo Ludwig, candidatos pelo PMDB, teriam sido favorecidos com o trabalho de diversos funcionários públicos da municipalidade que teriam recebido férias para trabalhar na campanha eleitoral.

Nesta, quinta-feira (15/12), a sentença da juíza eleitoral, Drª. Eliane Aparecida Resende Lopes, determinou a cassação do diploma dos candidatos eleitos do Município de São José do Inhacorá, da coligação Unidos Somos Mais, para os cargos de prefeito e vice prefeito Gilberto Pedro Hammes e Eduardo Ludwig. Ainda, fora determinado a remessa dos autos ao Ministério Público Eleitoral, para instauração de procedimento que entender pertinente ao caso. A decisão cabe recurso.

Fora declarada a inelegibilidade dos representantes Gilberto Pedro Hammes, Eduardo Ludwig e Eliseu João Schenkel, cominando-lhes sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição em que se verificou o abuso de poder econômico, qual seja, a realizada em outubro/2016.

O prefeito eleito, Gilberto Hames, lamentou a notícia, porém disse respeitar a democracia e frisou que o juríudico está providenciando a defesa. Ao falar com o repórter Antônio de Oliveira, Hames, aproveitou para convidar a comunidade de São josé do Inhacorá, para a posse que está marcada para às 9h do dia 1º de janeiro de 2017, na sede da Associação dos Servidores Municípais.  

Atualizada às 16h55min.

Fonte: No Ar Notícias