Sábado, 21 de outubro de 2017
PESQUISAR NO SITE
07/07/2013 | Fórum Judicial | Entrevistas

Delegado Barbato, revela que o consumo de drogas cresce entre adolescentes e jovens de todas as classes sociais. EXCLUSIVA

“Cada vez mais as drogas preocupam, pois estão presentes em todas as classes sociais, até no meio rural de pequenas comunidades”, revela Delegado João Vittório Barbato.


João Vittório Barbato (Delegado)

Aos 51 anos de idade João Vittório Barbato, natural de Porto Alegre, já dedicou 21 anos da vida para combater o crime. Durante esse tempo o Delegado Barbato, diz que o trabalho da polícia evoluiu, com as novas tecnologias, porém entende que é preciso melhorar cada vez mais.

Há 11 anos, Barbato é o Delegado titular da Delegacia de Polícia de Três de Maio e também responde pelos municípios de Independência, Alegria, São José do Inhacorá, Boa Vista do Buricá e Nova Candelária. É a quinta Delegacia de Polícia comandada por ele.

Em entrevista ao repórter ao site NO AR NOTÍCIAS, o Delegado Barbato, revelou ao repórter Antônio de Oliveira, que um dos maiores problemas vivido na atualidade é a presença das drogas, que causam muito mal pra toda a sociedade. Ele frisa que a droga está presente em todas as classes sociais, grandes e pequenas cidades, incluindo adolescentes e jovens de ambos os sexos(meninos e meninas). Outra revelação surpreendente foi à afirmação que o consumo das drogas está crescendo até entre jovens que residem no meio rural de municípios pequenos como os da região Noroeste.

Ao ser questionado sobre um dos trabalhos de maior relevância a frente da Delegacia de Três de Maio, Barbato, disse que foram vários. Porém frisou a operação Branca Pura, desenvolvida no dia 17 de agosto de 2012, que culminou com a prisão de 16 pessoas envolvidas no tráfico de drogas em cidades da região.

A operação batizada de Branca Pura foi comandada pelo delegado João Vittório Barbato, e contou com o auxílio do delegado regional Márcio Steffens e 150 agentes que cumpriram 26 mandados de busca e apreensão.

Na época foram realizadas prisões em Três de Maio, Horizontina, São José do Inhacorá e em Porto Alegre. O trabalho de investigação durou cerca de um ano e meio. Entre os presos estavam as pessoas conhecidas como: Bastian, Chique, Cebola, Alemão do Corolla (Porco), Xando, Japa, Ferrugem, Tunão e Rato.

Com as características de um homem sereno e cauteloso o Delegado ressalta que todo o trabalho desenvolvido com êxito se torna gratificante pra toda a equipe da policia e resulta em maior tranqüilidade pra população. Isso torna a profissão apaixonante, finaliza o Delegado Barbato.

EXCLUSIVA

Produção: Antônio de Oliveira/No Ar Notícias
 


Sem novos registros para esta categoria!
» Ver todos os artigos sobre " Entrevistas "
Publicidade
    Sem registros de banners!