Quinta-feira, 18 de outubro de 2018
PESQUISAR NO SITE
18/10/2016 | Fórum Judicial | Notícias

Determinado recolhimento de lote de água contaminada com bactéria

Justiça determina recolhimento de todas as bombonas de 20 litros de água mineral natural da marca Sarandi do lote 239, com data de fabricação em 26 de agosto deste ano e validade em 26 de fevereiro de

A partir de um trabalho conjunto do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco Segurança Alimentar e do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), foi encaminhado memorando circular ao comércio de todo o Estado para o recolhimento de todas as bombonas de 20 litros de água mineral natural da marca Sarandi do lote 239, com data de fabricação em 26 de agosto deste ano e validade em 26 de fevereiro de 2017.

Conforme análise laboratorial realizada pelo Laboratório Central (Lacen RS), o produto está em desacordo com a legislação vigente por apresentar índices da bactéria Pseudomonas aeroginosas acima dos limites estabelecidos.

A bactéria é responsável por infecções em organismos debilitados. Essa característica, associada à sua resistência natural a um grande número de antibióticos, faz com que ela seja uma das principais causas de infecções hospitalares.

Segundo o promotor de Justiça Mauro Rockenbach, o trabalho tem por objetivo preservar a saúde da população gaúcha e garantir a qualidade dos produtos revendidos no varejo. Das amostras recolhidas até o momento, apenas a marca Sarandi apresentou irregularidades. 


Publicidade
    Sem registros de banners!